Em época de redução de custos, como garantir a entrega de projetos e manter os Serviços e Soluções?

Uma visão de como o CIO pode atuar sobre um de seus desafios

Enéas Rodrigues

As Empresas reservam normalmente a maior parte do orçamento de TI para manter os sistemas e serviços de suas arquiteturas atuais. Em momentos de retração do mercado e com menos recursos financeiros, o primeiro corte do orçamento se dá normalmente nos investimentos em novos projetos. Muitas vezes são projetos que, postergados perdem seu sentido e seus benefícios ficam enfraquecidos.

Esse é um dos grandes desafios do CIO: garantir a operação da TI e entregar o máximo possível de projetos que viabilizam resultados para o negócio.

Buscar recursos financeiros para projetos através da redução de despesas de TI é algo que precisa ser considerado, apesar dos riscos que representa. A flexibilidade de crescer e retrair a estrutura, sem ferir a qualidade dos serviços oferecidos é sempre um desafio.

Que tal compartilhar riscos, experiências, conhecimento, custos e o pouco que resta de seu orçamento?

A elaboração de uma consistente estratégia de Sourcing dos serviços de TI poderá garantir o bom uso dos recursos financeiros disponíveis, e propiciar o foco e a experiência da equipe de TI em assuntos e projetos que dão retorno rápido ou imediato. Quanto mais a equipe estiver disponível para isso, e menos preocupada com a manutenção dos serviços e sistemas já em uso, melhor para os resultados na Empresa.

O mais seguro é começar revisando os contratos atuais, considere o apoio de consultorias experientes no assunto, que são capazes de interpretar contratos e estão mais atualizadas com os serviços e custos oferecidos no mercado.

Além disso, torna-se importante uma boa revisão ou a definição de Catálogo de Serviços de TI e de Acordo de Níveis de Serviço (SLA) com o negócio, além da integração dos processos de atendimento, suporte/gestão da demanda ou projetos, de processos de segurança e continuidade de TI. Esses processos devem estar estruturados para reagir rapidamente para possível crescimento ou retração do Negócio. Essas ações possibilitarão ousar um pouco mais, com a contratação de novos parceiros para serviços como:

  • Cloud Services;
  • Service Desk;
  • AMS – Application Management Services;
  • Gestão de Projetos;
  • Fábrica de Software;
  • DRP - Disaster Recovery Plan entre outros.

Hoje á possível contar com fornecedores de nível internacional e desenvolver projetos confiáveis, com níveis de serviço respeitados e por valores condizentes com os orçamentos de TI.

 

Gostou do artigo?

 

 

 

 

 

 

 * Esse artigo também está disponível na plataforma IT Forum 365

 

Photo credit: Ken Teegardin via Flickr

Desenvolvido por Code Tecnologia