cases > Plano de TI construído sobre três pilares – experiência do cliente, expansão e eficiência

case

BIO RITMO

Plano de TI construído sobre três pilares – experiência do cliente, expansão e eficiência

Com PDTI para três anos, Lozinsky Consultoria apoia Smart Fit na expansão do negócio

Planejamento de TI envolve a mudança de sistemas core da empresa e o envolvimento de toda a organização na discussão sobre tecnologia

Alexandre Gregianin faz parte de uma nova geração de CIOs – aqueles que iniciaram a carreira em um universo corporativo ágil, competitivo e em transição para a era digital. À frente da TI do grupo Bio Ritmo, que engloba as academias Bio Ritmo e Smart Fit, ele sabe como a tecnologia pode impactar um setor em acelerada expansão e experimentação de novos modelos de negócio. Por isso, assumiu o desafio, em fevereiro de 2017, de gerir a área e liderar a construção de um  planejamento de TI, capaz de suportar o crescimento imediato – cerca de 30% a 40% ao ano – e futuro da organização.

Na nova função, Alexandre encontrou um departamento enorme e complexo, o que não foi uma surpresa. Antes de ocupar a posição, havia atuado como gerente de desenvolvimento de sistemas do grupo por cinco anos, acompanhando a transição de uma área pouco representativa na empresa para uma que precisava desempenhar um papel mais estratégico. Hoje responsável por uma equipe de 60 profissionais diretos, o executivo entendeu que, para desenvolver um plano diretor de TI (PDTI), precisaria agregar conhecimentos externos. “Conversei com colegas que me indicaram grandes consultorias, até que o atual CFO da empresa falou da Lozinsky. Eles entenderam o que eu estava procurando – um diagnóstico para identificar os gargalos, os problemas latentes, toda a cadeia de valor e o nosso diferencial”, conta o executivo.

Com a parceria estabelecida, a Lozinsky Consultoria iniciou a etapa de diagnóstico, que durou pouco mais de três meses, até julho de 2018, tendo como marco a entrega de um PDTI para o horizonte de três anos. Em outubro, a Smart Fit começou a implementar ações imediatas previstas no desenho da área, como a internalização da equipe de desenvolvimento de aplicativos, mantendo o acompanhamento de execução com a consultoria. O plano foi construído sobre três grandes pilares – experiência do cliente, expansão e eficiência – e a expectativa de Alexandre é que a estratégia se torne realidade dentro do período previsto, com a apresentação de resultados importantes em todas as frentes do projeto.

Mais do que a implementação de novas tecnologias, o desafio do CIO é disseminar em toda a empresa a visão estratégica em torno da TI, envolvendo as pessoas nessa discussão. E um dos primeiros passos para essa realização é a criação de um comitê de TI, cujo encontro inaugural ocorreu em dezembro de 2018. “Iniciamos vários projetos, entre eles a seleção de ERP para toda a América Latina. O fato de a Lozinsky ter feito o diagnóstico dá uma vantagem competitiva em relação a qualquer outra empresa, por já conhecerem o projeto e terem se mostrado flexíveis”, diz o CIO, observando a abertura da equipe da consultoria para adaptar o plano às necessidades específicas da Smart Fit. “Eu vim do mercado de desenvolvimento, com foco em software web, que é um mundo bem diferente daquele que estamos habituados a ver em uma TI corporativa. Mas o time da Lozinsky tem uma cultura de provocar, às vezes questionando o que ninguém quer falar. Mesmo assim, eles foram muito mais cuidadosos, comparando com outras consultorias”.

Para Alexandre, um trabalho profundo como esse afeta todas as áreas da companhia e tira as pessoas da zona de conforto, o que inevitavelmente traz dúvida e resistência. “A dor é normal. Chega uma consultoria e diz o que você precisa mudar, mas essa sensação vai sendo quebrada aos poucos, em especial quando os primeiros resultados aparecem e começam a fazer a diferença. Estamos conversando bastante com os times a fim de criar um espaço de discussão, sem nos prender a um ponto de vista enviesado. A consultoria traz esse ponto de neutralidade”.

A primeira entrega do PDTI está prevista até o final de 2018, com um projeto voltado a melhorar o atendimento e a experiência dos usuários internos com o service desk.

A Smart Fit inaugurou mais de 200 unidades somente em 2018, aproximando-se da marca de 600 academias em toda a América Latina.

outros cases

Um caso de sucesso construído sobre as bases da confiança

O executivo Mendel Szlejf ocupou a posição de CIO na Leroy Merlin e fala sobre a experiência de ter trabalhado com a Lozinsky Consultoria na rede de lojas de materiais de constr...

leia mais

31 de maio de 2019

Transformação digital e consolidação do caminho trilhado

Para o diretor de TI da Riachuelo, Paulo Henrique de Toledo (Farroco), "a transformação digital, como a própria TI, existe para prover soluções para o cliente". Em entrevista pa...

leia mais

31 de maio de 2019

Reestruturação da TI para elevar patamar da empresa entre os concorrentes

Uma decisão muito delicada em processos de fusão é a definição de estruturas e sistemas que serão mantidos na nova organização. É nesse momento que a TI e o negócio devem est...

leia mais

31 de maio de 2019

Entre em contato com nossos consultores

top